quarta-feira, 25 de março de 2009

SEMPRE VI O MAR AO LONGE

Sempre amei quem nunca vinha.
Da vida tenho a demora, o atraso, a bússola partida, a lentidão de quem não sabe que o deserto acaba a toda a volta.

Sem comentários:

Enviar um comentário